Engineered For Your Success

16.08.2021

Uma abordagem aprofundada do design de centrífugas decantadoras de rolo aberto

Estações de tratamento de esgoto que buscam economias frequentemente focam na criação de uma torta desidratada mais seca, reduzindo o consumo de polímero e usando menos energia.Uma centrífuga decantadora realiza tudo isso, principalmente porque é mais eficiente do que um tanque de sedimentação, atuando sobre sólidos com uma força várias vezes maior que a gravidade. Isso resulta em maior poder e velocidade de separação, mais sólidos e uma torta mais seca.

Se você já viu uma centrífuga em ação, sabe que há muitas variáveis que afetam o resultado: RPM, tamanho da bacia, velocidade do rolo, ângulo do cone, profundidade do tanque e concentração de lama, citando alguns. O design do próprio rolo também pode ter um grande impacto no resultado.

Maior profundidade do tanque

A profundidade do lago, às vezes chamada de zona de separação, é o nível de líquido dentro da bacia. Quanto mais alto o nível de enchimento na bacia, maior a pressão hidráulica sobre os sólidos separados. Isso resulta em mais água sendo comprimida para fora da lama e produz uma torta mais seca. Quando o rolo é um tubo aberto, ao invés de uma haste sólida, há espaço adicional para um tanque mais profundo e a separação de potência aumenta ainda mais.

Aceleração suave, menor força de cisalhamento

A lama é introduzida na centrífuga através do tubo de alimentação localizado no centro do rolo. Em um design de centrífuga tradicional com um corpo do rolo sólido, a lama precisa atravessar a parede do corpo através de aberturas, o que exerce altas forças de cisalhamento à alimentação floculada. Em consequência, isso causa a quebra de partículas aglomeradas em partículas menores, descendo com menor facilidade.

Mas quando não há corpo do rolo, a superfície do tanque fica acima do rolo aberto e muito próxima do tubo de alimentação. O material é alimentado diretamente no tanque, ao invés de através de uma câmara de alimentação, o que elimina a força de cisalhamento sobre as partículas floculadas. No final, isso ajuda a reduzir a quantidade de polímero necessária para manter os sólidos juntos.

Aceleração e rotação eficientes

O momento de inércia descreve a quantidade de energia necessária para alterar a rotação de um objeto, que é afetada por sua massa e pela distância do objeto em relação ao eixo de rotação. Quanto mais curta a distância, mais fácil será iniciar sua rotação. Em um tanque raso, o material está mais longe do eixo e requer mais energia para acelerar. Um tanque mais profundo coloca a superfície do tanque mais perto do eixo de rotação, o que requer superar um menor momento de inércia para fazer com que ele gire e mantenha a velocidade. Isso resulta em uma operação energeticamente mais eficiente.

Abordagem aprofundada da centrífuga decantadora Xelletor

Por que a Flottweg

Na separação centrífuga, os detalhes importam e a engenharia inovadora faz a diferença. É por isso que, na Flottweg, estamos sempre buscando melhores métodos de desidratação e separação. Entre em contato conosco para saber o que nossos sistemas podem fazer por você.

  Ao formulário de contato   +55 19 3836 5300   Contacts worldwide