Engineered For Your Success
startseite-stage2

Modo de
funcionamento da
centrífuga
decanter

Econômico, eficiente, confortável

Um decanter pode ser entendido como uma bacia de sedimentação que gira em torno de um eixo. Dentro da bacia de sedimentação, as pequenas partículas de sólidos, que são mais pesadas que o líquido, se movimentam para o fundo devido à gravidade e acumulam, formando um sedimento (fase sólida). Um decanter de vinho, por exemplo, pode ser considerado um tipo de bacia de sedimentação. Em uma centrífuga ocorre a separação das fases sólida e líquida, com o auxílio da aceleração centrífuga. Dentro do tambor em rotação da centrífuga, as partículas de sólidos, que apresentam uma densidade maior e, assim, são mais pesadas do que o líquido, se movimentam para fora através da força centrífuga. Dessa maneira, elas formam um sedimento na parede interna do tambor da centrífuga. Como forças centrífugas de aproximadamente 3000 g são geradas dentro de uma centrífuga, em comparação com 1 g no campo gravitacional, a separação das partículas de sólidos do líquido ocorre de maneira muito mais rápida e eficiente.

Alimentação

Por meio do tubo de alimentação disposto centralmente, o produto é conduzido para o espaço de alimentação da rosca transportadora. Após uma cuidadosa pré-aceleração, o produto é conduzido ao tambor através das aberturas do distribuidor.

Corte transversal de uma centrífuga decanter: Passando pelo tubo de alimentação e pelo distribuidor, o produto chega no tambor do decanter. Aqui, os sólidos existentes se depositam na parede interna do tambor. Através do distribuidor, o produto chega até o tambor do decanter , onde se deposita na parede interna do tambor.

Tambor do decanter

O tambor do decanter tem uma forma cilíndrico-cônica e gira a uma velocidade de rotação ideal que é ajustada ao respectivo processo de separação. No tambor, o produto atinge a plena velocidade de centrifugação e se concentra, como um anel cilíndrico, na parede do tambor. Devido à densidade maior, os sólidos existentes no produto se depositam na parede interna do tambor, graças à influência da força centrífuga. O comprimento da parte cilíndrica e o ângulo cônico da parte cônica do tambor podem ser adaptados na fabricação da centrífuga à respectiva função de separação.

A rosca transportadora do decanter transporta os sólidos depositados continuamente para a descarga. A velocidade diferencial da rosca determina o tempo de permanência dos sólidos no tambor. A rosca transportadora do decanter transporta os sólidos depositados no sentido da descarga de sólidos.

Rosca transportadora do decanter

A rosca do decanter (rosca transportadora) gira a uma velocidade ligeiramente diferente do tambor e transporta os sólidos depositados continuamente no sentido da extremidade cônica estreitada do tambor. A velocidade diferencial determina o tempo de permanência dos sólidos no tambor do decanter. Este tempo de permanência, entre outros, é determinante para o teor de matéria seca obtida e pode ser adaptado de forma otimizada por meio da alteração da velocidade diferencial da rosca transportadora da respectiva função de separação. As roscas podem ter estruturas diferentes, dependendo da aplicação e do tipo de tarefa.

Descarga de sólidos

Os sólidos são ejetados através de aberturas de saída na extremidade cônica do tambor para o compartimento de sólidos, com o devido teor de matéria seca exigida, e são descarregados para baixo.

Ajuste de vazão

O líquido clarificado (fase líquida) escoa para a extremidade cilíndrica do tambor e lá é descarregado através de aberturas na tampa do tambor. Nestas aberturas se encontram placas de ajuste extremamente precisas (ajuste de vazão), com as quais é possível ajustar a altura da lâmina de líquido (camada de líquido) no tambor. O líquido é coletado no compartimento de descarga e descarregado sem pressão.

Impulsor

Como alternativa ao ajuste de vazão, o líquido clarificado também pode ser decantado por meio de um impulsor e descarregado do tambor sob pressão no sistema fechado. Isto elimina a necessidade de uma bomba de câmara separada. Uma versão mais avançada, o impulsor ajustável, permite um ajuste contínuo da altura da lâmina de líquido durante o funcionamento. Isso permite uma adaptação rápida e precisa às condições alteradas, sem que seja necessário interromper a operação da centrífuga Flottweg para isso.

icon-envelope-big

Dúvidas sobre o modo de funcionamento de um decanter? Deseja saber mais sobre os nossos decanters?

Fale conosco ou escreva-nos.

  Ao formulário de contato   +55 19 3836 5300   Contacts worldwide